Entrevista EXCLUSIVA com Leandro Veríssimo
Habbo 2020

A Sulake, é uma empresa de entretenimento social focada em comunidades sociais online e jogos. Foi fundada por Sampo Karjalainen e Aapo Kyrölä em agosto de 2000. O principal produto da empresa é o Habbo Hotel, considerado o maior jogo do mundo social e comunidade online para adolescentes já criado nos últimos tempos. É uma comunidade virtual formada por jovens de todo o mundo. Está presente em cerca de 150 países e na vida de 5 milhões de indivíduos.

Durante muitos anos, a Sulake sempre esteve a frente das organizações de tudo que envolve o Habbo Hotel, onde desde os anos 2000, começou a ser identificado como Mobile Disco. A partir de então, com o grande aumento considerável de novos usuários em seus servidores, viram a necessidade de expandir, tomando rumo para outros países. 

Com o passar dos anos, com seus altos e baixos, a Sulake viu a necessidade de vender algumas ações, cerca de 60%, na qual uma empresa forte do ramo de jogos, acabou adquirindo-as e tendo como maior parte do nome, a conhecida Azerion. Uma empresa de mídia e tecnologia que fornece conteúdo seguro, confiável e valioso em escala europeia com presença local.

Como muitos usuários devem saber, o Habbo está passando por um processo de mudança de servidor, pelo qual será desabilitado o Adobe Flash Player do jogo, visto que o fim desta ferramenta de plugin de mídias está decretado para o final deste ano. O Habbo é movido por essa plataforma e com isso, a Azerion (Sulake) viu a necessidade de desenvolver uma nova plataforma que ficasse parecida com a atual do jogo, ou uma interface moderna, porém não fugindo dos princípios do Hotel.

Partindo do princípio de sempre trazer informações de qualidade, confiança e respaldo, nosso jornalismo teve a oportunidade de fazer uma entrevista exclusiva com um dos membros atuante, que trabalha na Azerion e faz parte do time responsável pelo Habbo 2020, Leandro Veríssimo. Ele que trabalha na empresa desde fevereiro de 2020,  ocupando o cargo de Country Manager (responsável por representar e conduzir uma empresa no país). Além disso, está à frente da organização de divulgação e remodelagem da publicidade que envolve o Habbo. Na entrevista, Leandro nos deu algumas informações de grande importância sobre o futuro do jogo, onde poderá ser acompanhado na íntegra a seguir.

DE FRENTE COM LEANDRO VERÍSSIMO

Primeiramente, gostaríamos de reservar este espaço para que você possa se apresentar aos nossos leitores. Conte-nos um pouco sobre sua carreira até o posto que ocupa agora.

Olá fãs do Habbo Hotel, é um grande prazer falar com vocês. Tive a felicidade e a sorte de sempre trabalhar com as coisas que eu gosto: publicidade, vídeo, tecnologia e agora, games! Sou formado em Propaganda e Marketing na Unip e MBA na FGV. Trabalhei por 10 anos em agências de publicidade, outros 10 em veículos como a Folha de S. Paulo e o Destak e quase outros 10 em start-ups como a Cennarium e operação brasileira da Zoomin.TV, produtora e distribuidora de vídeo online, que foi adquirida em 2019 pela Azerion, da qual sou diretor da operação brasileira, a primeira do grupo fora da Europa.  

Estamos vivendo um período delicado em virtude da pandemia do novo coronavírus, não seria arriscado iniciar um negócio desse porte na atual conjuntura em que se encontra o mercado?

Todo empreendimento possui riscos e oportunidades. Uma das fontes de receita da empresa é a publicidade. Então tivemos sim que mudar o nosso planejamento por causa da pandemia, controlar custos, adiar contratações e rever cronogramas. Por outro lado, o período contribuiu para aumentar a audiência dos games. A oportunidade está em perceber como as pessoas aumentaram a importância do entretenimento digital nas suas vidas.

Atualmente, existem três escritórios da Sulake espalhados pelo mundo, mas nenhum no Brasil. A vinda da Azerion significa também que a Sulake terá instalações em nosso país?

O escritório brasileiro vai concentrar as operações comerciais do grupo no país, isso inclui as dezenas de aquisições que a empresa fez, incluindo a Sulake.     

A Azerion gerencia uma série de empresas voltadas ao ramo dos games online, podemos citar da Voidu, Woozwrold e YoudaGames. Contudo, é natural que nosso interesse esteja centrado na Sulake, em suma, pelo fato do Habbo Hotel ser a maior comunidade jovem do mundo. Com a vinda da Azerion para o Brasil e sendo a nossa comunidade a maior da rede, passaremos a ter uma administração local focada no jogo?

A Azerion fez dezenas de aquisições como as que você citou e incluo a Spil Games, Smeet, Kizi, Game Distribution. O Headquarter está em um processo de integração comercial de todas essas empresas e o Habbo é realmente um destaque no nosso portfólio. A administração do jogo está sob a responsabilidade do núcleo da Sulake, mas se necessário vamos apoiar qualquer decisão que possa melhorar a experiências dos usuários.

Sob a gestão da Azerion, em breve a Sulake irá lançar uma nova versão do Habbo Hotel, que coincidentemente chegará no mesmo ano em que o Habbo completa 20 anos de existência. Quais são as expectativas para esse lançamento?

  A expectativa é grande porque toda mudança cria oportunidades de ampliar a comunidade. Apesar dos 20 anos, muita gente ainda não conhece o jogo. Temos uma oportunidade de apresentar o nosso Hotel para uma nova geração de jogadores que nunca ouviu falar. Muitos jogos clássicos explodiram com novas versões, como o Counter Strike e World of Warcraft, que são conhecidos até fora das suas comunidades. 

Ainda sobre o Habbo 2020, nós sabemos que o grande motivo para essa mudança foi o anúncio do fim do Flash, razão pela qual para manter o jogo ativo a Sulake decidiu migrar para uma nova plataforma, a Unity. Você saberia o andamento desse processo? Fomos informados de algumas complicações técnicas ao longo do desenvolvimento, isso poderia atrasar as coisas, já que a previsão de lançamento é em agosto? 

A informação que eu tenho é o que o MVP será lançado em setembro, então a versão final deverá ser lançada mais para o fim do ano.  

Finalmente, quais são os planos da Azerion no Brasil, sobretudo, em relação a indústrias de jogos e ao Habbo Hotel?

A Azerion é uma empresa que está crescendo muito, dobrando de tamanho a cada ano e no Brasil não será diferente. Estamos nesse momento preparando e apresentando o nosso ecossistema e plataforma AdTech para o mercado de publishers e anunciantes, incluindo o Habbo Hotel, fundamental para sustentar o nosso crescimento. Segundo a Newzoo, o Brasil é o 3º país em número de jogadores, mas é somente o 13º em receita. Temos muito trabalho pela frente. 

Agradeço à disposição, fique livre para comentar algo que não abordamos e que você deseje exteriorizar.

 O compromisso da Azerion é proporcionar entretenimento seguro para os usuários, com relação ao conteúdo, tecnologia e privacidade, respeitar a diversidade, as liberdades individuais e a ética nas relações humanas e comerciais.  Muito obrigado a você, ao time KiHabbo e a todos os fãs.  Nos vemos no Hotel! Sim, eu estou lá, mas não conto o meu ID, rsrs

Desde já agradecemos a disposição e a cortesia do nosso entrevistado em deixar-nos atenados sobre assuntos importantes como esse. Vale lembrar, que nosso jornalismo estará sempre de prontidão em busca de novas informações, trazendo sempre as novidades referente ao jogo para os nossos usuários. Continuem ligados em nosso portal de notícias!

Todos que comentarem nesse artigo receberão um emblema exclusivo em nosso site + 50 fichas.


Entrevista com Leandro Veríssimo na KiHabbo

Agradecimento especial: -Thecrown e Feshar

O que achou da entrevista? Deixe nos comentários a sua opinião. 
Notícia escrita por Zuasinho, no dia 28 de julho de 2020, às 23:07
Comentários

alex_araujo246

5 dias atrás

Muito boa essa matéria. Por mais entrevistas como essa!

DJDout

1 semana atrás

top

ErickFantii

1 semana atrás

Ótima entrevista, parabéns TheCrown e Feshar. Muito interessante saber um pouco mais sobre os próximos passos da Sulake/Azerion, dá uma esperança em saber que ainda pretendem continuar se aprimorando.

Robiiiinho

1 semana atrás

Entrevista icônica e cheia de revelações para os habbos. Isso deveria acontecer mais, mostra abertura por parte da equipe habbo, que as vezes parece ser tão conservadora e fechada.

cubo
Quase lá...